Translator

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Modernização dos portos brasileiros atrai grandes dragas ao país.


Com a necessidade de tornar nossos portos mais competitivos, o serviço
de dragagem agora é algo emergencial, pois muitos deles ficaram anos
sem esse serviço e agora tem seu calado bem menor.

Com essa necessidade, e pela falta de embarcações nacionais, muitas
dragas estrangeiras estão espalhadas pelo Brasil, de norte a sul, algumas
de grande porte e excelente desempenho.


No porto de Rio Grande podemos destacar a draga européia Juan
Sebastian de Elcano, que realizou o serviço na região e agora está em
Portugal, construída em 2002 e com 149m de comprimento e capacidade
para 16.500 m³.


Em Itajaí, podemos destacar a draga Ham 309, construída em 1983, com
119m de comprimento a draga possui bandeira brasileira e registro no
porto do Rio de Janeiro.

No porto de Santos, como não poderia deixar de ser pelo seu tamanho,
estão em operação 4 dragas de grande porte, e isso já se faz sentir
na movimentação diária de navios cada vez maiores.






A maior delas, a "Xin Hai Hu", de bandeira chinesa, possui 150,7m de
comprimento e foi construída em 2007.

Outra draga de bandeira chinesa operando em nosso porto é a Hang Jun
5001, construída em 2001, e com 112,7m de comprimento.

De Bandeira panamenha, a draga "Intilaq", com 94m de comprimento foi
construída em 1978.

A mais antiga em operação é a brasileira "Draga Copacabana", construída
em 1973, a embarcação possui 114m de comprimento.

A maior em operação no Brasil está realizando o serviço no porto
de Sepetiba, é a draga de bandeira belga "Pear River", construída
em 1994, e com 182,2m de comprimento.

No porto do Rio de Janeiro, temos as dragas "Jan Blanken", "Goliath",
"Jan Leeghwater", "Acrobata", "Hang Jun 1007" e "Xin Hai Feng".
A draga "Xin Hai Feng" é a maior na região com 160,9m de comprimento
e construída em 2008.

Em Salvador duas dragas estão operando, são elas "Kaishuu" e "Hondius",
a primeira construída em 2002, possui 149m de comprimento e bandeira de
Luxemburgo.

No porto de Cabedelo está a draga "Hang Jun 3001", que apesar do
nome possui bandeira brasileira, e esteve em Santos por muito
tempo, construída em 1989 a embarcação possui 94m de comprimento.


Em Natal, um fato curioso, a "La Belle" que estava em serviço no
porto acabou encalhando e sofrendo avarias, construída em 1984 a
embarcação pertence a Dragagem Bandeirantes e possui 71m de
comprimento, porém devido ao incidente teve que ser substituída
pela draga "Reem Island" ex Macapá que agora pertence a uma empresa
norte americana, construída em 1973 a Reem Island tem 107m de
comprimento.

Por último destacamos o porto de Fortaleza com duas dragas operando,
a maior contruída em 1986 é a 'Seaway", com 171m de comprimento e
bandeira cipriota a segunda é a "Mersey M", pertencente a Dragagem
Bandeirantes, a embarcação não possui bandeira brasileira, construída
em 1983 e com 78m de comprimento.

Se alguém souber de outras dragas de grande porte operando em
portos brasileiros, mandem as informações que estaremos postando
neste artigo.


Fotos:
Juan Sebastian de Elcano - Marcelo Vieira
Ham 309 - Daniel Ferreira
Xin Hai Hu - Rafael Ferreira Viva
Hang Jun 5002 - Rafael Ferreira Viva
Intilaq - Rafael Ferreira Viva
Draga Copcabana - Rafael Ferreira Viva
Pearl River - Nils Giesselmann
Xin Hai Feng - Vladimir Knyaz
Kaishuu - A. Jamieson
Hang Jun 3001 - Rafael Ferreira Viva
La Belle - Pascal Bredel
Macapá - Bruno Pricoli
Seaway - Richard Wisse
Postar um comentário