Translator

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Mais um gigante chega ao Brasil.



Depois de informamos a chegada do ULCC TI Oceania à
Angra dos Reis recentemente, agora temos a oportunidade
de noticiar a vinda do FPSO Maersk Peregrino ao Rio de
Janeiro. A embarcação está prevista para amanhã cedo,
por volta das 6:00hrs e deve fundear na Baía de Guanabara.

Construído em 2008 pelo estaleiro Dalian Shipbuilding e
lançado como VLCC, o navio foi batizado no seu lançamento
como Maersk Nova e convertido e renomeado recentemente.

Possui 333,0m de comprimento, 58,0m de boca e 22,7m de
calado, sua bandeira é de Cingapura. Possui 15 módulos de
pesagem 12.500 toneladas. Ele é projetado para processar
100 mil b / d de petróleo, 350 mil b / d de líquidos, e
7,3 MMcf / d de gás natural. Sua capacidade de
armazenamento é de 1,6 MMbbl de petróleo.

O FPSO está equipado com tecnologia inovadora e capaz de
geração de energia significativa, o que é necessário para
separar o óleo do gás, areia e água. O armazenamento do
petróleo bruto também exige aquecimento para impedir que
ele se solidifique nos tanques. Como tal, o navio tem
instalações de produção altamente especializadas a bordo,
incluindo dois trens de produção e três caldeiras a vapor
para processamento de petróleo bruto pesado. Suas três
turbinas a vapor são projetadas para 75 MW de energia
elétrica.

A embarcação ficará no campo de Peregrino que conta com
30 produtores de óleo horizontal, sete poços de injeção e
duas plataformas. O FPSO será colocado entre as duas
plataformas para receber e processar os wellstreams. A
produção é de óleo viscoso pesado dirigido através do
reservatório Peregrino. Portanto, a Wellstream tem uma
alta proporção de água e as necessidades de capacidade de
tratamento importante para lidar com ela.

A Wellstream será aquecida em tanques a bordo do navio de
produção, o que melhora a separação da água. A água será
bombeada de volta para o reservatório para ajudar a manter
a pressão do reservatório na recuperação avançada de
petróleo.

O Maersk Peregrino está sendo afretado pela Statoil por um
período de 15 anos, com opções para mais 15 anos de
prorrogação de contrato. Sua previsão de iniciar a produção
de petróleo é para janeiro de 2011


Fotos: Maersk Nova (Benny Olsen)
Maersk Peregrino (Captain Peregrino)
Postar um comentário