Translator

segunda-feira, 16 de maio de 2011

MSC Opera com problemas no Báltico

O navio de cruzeiros MSC Opera, que transportava cerca
de 400 passageiros britânicos, será rebocado para um
porto sueco após apresentar problemas técnicos no mar
Báltico.

Segundo informações do armador o motor teve de ser

desligado. O MSC Opera deixou Southampton no último
dia 7, com 1.800 turistas, para uma viagem com escalas
em Copenhagem, Helsínquia e São Petersburgo e deveria
voltar nesta terça-feira.
Julia Hunter, de Glasgow, disse à reportagem que a situação
a bordo do navio está agora mais calma.
'Pegando as malas'
"As condições eram terríveis ontem. - nós não tínhamos

energia, então não havia iluminação, aquecimento, comida
quente ou bebidas. Pior de tudo, sem água corrente, nós não
tínhamos acesso aos banheiros todos os dias", disse ela.
"A energia voltou agora, então a situação é melhor. Pegamos
nossas malas e nós podemos ver a terra agora.
A Guarda Costeira da Suécia confirmou que o MSC Opera
estava sendo rebocado e deve chegar ao porto de Nynashamn,
perto de Estocolmo com cerca de 1000 BST. Um navio da
Guarda Costeira também está a caminho do navio. 

Os passageiros não estavam recebendo refeições quentes,
mas a empresa diz que estão cuidando disso e seriam dados
voos para casa.
Em um comunicado, acrescentou: "Não sendo capaz de
oferecer aos seus hóspedes os padrões usuais de serviço, a
MSC está organizando o repatriamento de todos os convidados
a partir de Estocolmo".
Ele acrescentou que seriam dadas para os passageiros notas
de crédito no valor total de sua viagem.


Fonte: A Tribuna
Fotos: Rafael Ferreira Viva
Postar um comentário