Translator

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Evergreen lança rota entre América do Sul e Ásia

Serviço promete tempo de trânsito menor entre os continentes.
 

Como parte do plano da Evergreen de fortalecer sua presença e
aumentar sua participação de mercado na América do Sul, a
Green Andes Chile S.A., representante da companhia no Chile,
anunciou a abertura de um novo serviço direto, sem transbordo,
entre a Costa Oeste da América do Sul e a Ásia.

O novo serviço, denominado WSA, compreende os portos de
Kaoshiung (Taiwan), Yantian, Hong Kong, Ningbo e Shanghai
(China), Manzanillo (México), Buenaventura (Colômbia), Callao
(Perú), Iquique, San Antonio (Chile), e de volta para a Ásia por
Callao, Manzanillo e Kaoshiung.

A frota utilizada na rota será composta por 10 embarcações com
capacidade nominal entre 3.700 Teus e 4.000 Teus, além de 300
tomadas reefer.
Ever Result atracado no Tecon de Santos

Um dos principais atrativos do serviço é que seu tempo de trânsito
é de cerca de 31 dias, dependendo da origem e do destino das
cargas. Por exemplo, para a importação saindo de Shanghai com
destino a Iquique e San Antonio, a viagem leva entre 28 e 30 dias,
respectivamente.

Para a exportação, o tempo de trânsito tem como destaque os portos
de Manzanillo, Kaoshiung e Hong Kong com 11, 31 e 33 dias,
respectivamente. Kaohshiung é um porto-base da Evergreen, o qual
permite conexões muito rápidas com Japão, Coréia do Sul, Sudeste
Asiático, Índia e Oriente Médio.

A necessidade de complementar o atual serviço PWS (Panamá -
Costa Oeste da América do Sul) surgiu do quanto a companhia
cresceu desde sua chegada ao mercado chileno, há nove anos. O
"Ever Result", primeiro navio da empresa a cumprir a rota, zarpou
de Kaoshiung no dia 30 de abril, devendo chegar em Iquique amanhã
e em San Antonio dois dias depois.

Serão utilizados os seguintes navios no novo serviço:

Ever Delight
Ever Reach
Ever Result
HS Berlioz
Ital Melodia
Kota Lukis
Kota Segar
Na Xi He
White Sea
Yellow Sea

Fonte: Guiamarítimo (Modificado)
Foto: Rafael Ferreira Viva
Postar um comentário