Translator

terça-feira, 28 de junho de 2011

Mais um armador encomenda porta-contêineres ultralargos


Recentemente, a companhia alemã Peter Döhle se tornou o último
armador a encomendar porta-contêineres ultralargos, depois de
assinar uma carta de intenção para oito navios de 10.000 Teus
(unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) ao
estaleiro chinês Yangzijiang Shipbuilding.

O estaleiro, juntamente à Döhle, fechou um acordo de três vias
com a China Development Bank para dar US$ 1 bilhão ao
financiamento da encomenda. O CEO da Yangzijiang, Ren
Yuanlin, afirmou, em declaração oficial: "Esse acordo de
cooperação não é importante apenas para Yangzijiange e para o
consumidor da Pete Döhle, mas também é importante para
fortalecer os laços econômicos bilaterais entre a China e a
Alemanha".

A encomenda da Döhle é feita pouco tempo depois que a Seaspan
assinou contrato com o estaleiro por sete navios de 10.000 Teus,
avaliados em US$ 700 milhões, com opção para mais 18.

As transportadoras têm tentado diminuir os custos operacionais
em longas rotas, adicionando navios cada vez maiores às suas
operações. No entanto, a Alphaliner advertiu, recentemente, que
a utilização de um número grande de porta-contêineres ultralargos
com custos de unidade mais baixos pode distorcer o mercado: "A
pressão para equiparar os custos slot das unidades das transportadoras
competidoras que já operam navios largos pode, em breve, forçar as
outras transportadoras a darem um upgrade em suas frotas, levando
a uma competição por taxas enquanto as companhias se esforçam
para preencher completamente esses porta-contêineres gigantes",
afirmou a companhia analista.


Fonte: Guiamarítimo
Postar um comentário