Translator

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

"Mega porta-contêineres são os mais encomendados", diz Alphaliner


A Maersk iniciou uma "corrida por navios porta-contêiner de grande
porte", em 2006, ao lançar os navios E-Class com capacidade para
15.550 Teus, de acordo com a consultoria marítima Alphaliner,
sediada em Paris.

A companhia dinamarquesa mantém a liderança, com seu pedido
mais recente de 20 navios Triple-E Class, com capacidade para 18
mil Teus, que devem ser entregues entre 2013 e 2015, disse a
Alphaliner. Em uma ação mais enérgica para aumentar sua
capacidade, a Maersk agora embarcou em um "boom da capacidade"
em que os navios da linha S-Class de 8.200 a 8.600 Teus serão
atualizados para 9.600 Teus.

A Alphaliner disse que a atualização envolve a elevação da casa do
leme, para que mais duas fileiras de contêineres sejam alocadas ne
frente do bloco de alojamento. Enquanto a capacidade máxima de
Teus dos navios aumentam de forma notável com as conversões,
a tonelagem dos navios permanece quase intacta. O aprimoramento
visa o aumento da capacidade dos navios para contêineres com
cargas de menor peso e fornecer espaço adicional para
reposicionamento de contêineres vazios.

O aprimoramento de 10 navios adicionará cerca de 12 mil Teus à
frota da Maersk que, de acordo com os números da Alphaliner,
atualmente totaliza em 2,4 Teus. Ainda, há a possibilidade de que
seis outros navios S-Class possam ter a capacidade aprimorada
depois que as dez primeiras unidades sejam convertidas. No total,
25 unidades do S-Class foram construídas entre 1997 e 2002. Eles
foram os primeiros navios porta-contêiner com capacidade maior
do que 8 mil Teus. O trabalho de aprimoramento está sendo
encomendado para a CSIC Qingdao Beihai Shipbuilding and
Heavy Industries.

Diversas companhias têm recentemente aprimorado a capacidade
de seus navios, encomendados anteriormente por meio de
renegociações. Tais aumentos na capacidade dos navios têm
impacto na previsão de fornecimento, As encomendas dessas
mudanças no navio nos últimos 12 meses incluem companhias
como CMA CGM, Hapag-Lloyd, NOL  e NYK.


Fonte: Guiamarítimo
Postar um comentário