Translator

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Anvisa confirma seis tripulantes e dois clandestinos com malária

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) identificou nesta
quinta-feira seis tripulantes e dois clandestinos com malária em dois
navios que chegaram ao Porto de Santos nesta semana.

Eles foram removidos para a Casa de Saúde de Santos após passarem
por exames que confirmaram a doença.

Quatro tripulantes filipinos trabalham no navio porta-contêineres
"Inga H", de bandeira liberiana, que está atracado no Cais do Corte,
no Saboó, em Santos, operado pela empresa Tecondi. A embarcação
veio de Luanda, capital de Angola, na África.

Outros dois tripulantes, que não tiveram a nacionalidade revelada,
além de dois ganeses, que viajavam clandestinamente, foram
identificados com a doença a bordo do graneleiro "First Trader", de
bandeira panamenha, que está na Barra.

A embarcação, procedente de Tema, em Gana, também na África,
foi fumigada e liberada para entrar no Porto, onde embarcará açúcar
a granel. Até a noite desta quinta-feira, contudo, o cargueiro seguia
na área de fundeio, segundo a Praticagem de Santos.


Fonte: A Tribuna
Postar um comentário