Translator

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Navio afretado à Vale enfrenta problemas em São Luis

O navio gigante a serviço da Vale que apresentou problemas após
ser carregado com quase 400.000 toneladas de minério de ferro no
Maranhão sofreu rachaduras no casco, informou a Capitania dos
Portos no local nesta terça-feira. Recém construído na Coréia do
Sul, o navio integra a nova frota que a Vale está montando com o
objetivo de reduzir seus custos de transporte de minério de ferro. A
embarcação pode não ter suportado a carga, segundo a Capitania.


O cargueiro "Vale Beijing" deveria ter deixado o Porto de Ponta
da Madeira, no Maranhão, no domingo, com destino ao Porto de
Rotterdam, na Holanda. Atracou no porto maranhense na última
sexta-feira para receber a carga. Nesta terça-feira, o navio começou
a ser removido do berço de carregamento para um outro local, onde
deverá passar por reparos, de acordo com o serviço de praticagem
do porto.


Com isso, as atividades de carregamento de minério de ferro no
berço com capacidade para receber supernavios poderão ser
retomadas. Os embarques em Ponta da Madeira respondem por
cerca de 10% das exportações globais de minério de ferro. O "Vale
Beijing" foi carregado com 384,3 mil toneladas de minério de
ferro, volume suficiente para produzir uma quantidade de aço para
a construção de três pontes Golden Gate, na Califórnia.

Segundo funcionários locais, o dano na embarcação pode ter sido
causado durante o carregamento ou o navio possui problemas
estruturais. A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo,
informou na noite de segunda-feira. por meio de sua assessoria de
imprensa, que esperava que o supernavio, parado poerto de São
Luís, fosse removido para uma área de fundeio.


"a Vale informa que está acompanhando as tratativas que estão
acontecendo entre a STX Pan Ocean, dona do navio que operou
atracado no Pier 1 no Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, DNV
órgão classificador do navio) e as autoridades responsáveis", disse
em comunicado da empresa.

Na imagem podemos ver o navio já fundeado ao norte do Terminal
da Ponta da Madeira, que já possui outros navios operando
normalmente.

Construído pela sul-coreana STX Shipbuilding, o "Vale Beijing"
ficou pronto recentemente. É o primeiro de oito navios que serão
entregues pela empresa até 2013 para transportar minério de ferro
da Vale. Todos possuem capacidade de transporte de 400 mil
toneladas. O contrato de afretamento entre Vale e STX para estes
navios, fechado em 2009, é da ordem de US$ 6 bilhões, segundo
a empresa asiática.


Ficha Técnica

Navio - Vale Beijing
Construção - 2011 (STX Shipbuilding)
Imo - 9575448
Call Sign - V7XB3
Bandeira - Ilhas Marshall
Registro - Majuro
Gross - 199,959
Dwt - 404,389
Comprimento - 361,00
Boca - 65,00
Calado - 23,00
Armador - STX Pan Ocean
Operador - Vale
Ex Nomes - ####


Fonte: Reuters
Postar um comentário