Translator

terça-feira, 24 de maio de 2011

Movimentação em São Sebastião.

Esperado para o dia 26/05 o novíssimo "Parnon" deve descarregar
cerca de 26.770 toneladas de clinquer¹ proveniente do Golfo Pérsico
no cais comercial de São Sebastião.

A embarcação primeiro fez uma escala no porto pernambucano de
Suape no dia 20/05 para descarregar 23.595 toneladas do mesmo
material antes de seguir viagem para a nossa região.

Construído pelo estaleiro chinês Qingshan Shipyard - Wuhan, a
embarcação entrou em operação no mês de março de 2011. O navio
pertence ao grupo grego Delta International Shipping, e operado
por uma subsidiária dos Emirados Arabes Unidos.

Com 190m de comprimento, 32,26m de boca, 12,8m de calado o
Parnon pode transportar até 71 mil toneladas de carga.




(¹) - Clinquer:  pode ser definido como cimento numa fase básica,
a partir do qual se fabrica o cimento Portland,  habitualmente com
a adição de sulfato de cálcio, calcário e/ou escória siderúrgica.

Existe como mercadoria independente, transacionada mundialmente,
porque não é tão sensível à humidade como o cimento Portland e,
como tal, facilita a sua armazenagem, manuseio e transporte.

Tem um factor de estiva de cerca de 0,7 metros cúbicos por tonelada
e um ângulo de assentamento entre 25 a 45 graus. É um material
sinterizado e peletizado, resultado da calcinação (1450 ºC) da mistura
do calcário (75 a 80%), da argila (20 a 25%) e de componentes
químicos como o silício, o alumínio e o ferro.

No processo de fabricação do cimento Portland, o clinquer de cimento
Portland sai do forno à cerca de 80ºC, indo diretamente à moagem
onde é adicionado ao gesso e imediatamente ensacado em sacos de
papel kraft, podendo chegar aos depósitos de distribuição ainda quente.
Postar um comentário