Translator

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Recordar é viver!

Na galeria de hoje vamos recordar o navio "Aliança Amazonia", um
verdadeiro guerreiro, que por muito tempo levou a bandeira brasileira
por inúmeros portos estrangeiros e por simples descaso e péssima
administração quase foi ao corte depois de abandonado por muitos
anos no sul da Argentina, fazendo passar por situações de puro
constrangimento a seus tripulantes e denegrindo a imagem do país
e da embarcação.

Entrando no porto de Rio Grande como Aliança Amazonia

Construído em 1996 pelo estaleiro Eisa (Ilha do Governador) fora
lançado como "Neptunia Mediterraneo", navegando assim até o ano
de 1999 quando passou a se chamar "Global Amazonia", porém
ainda no mesmo ano voltou a ser renomeado dessa vez "Aliança
Amazonia". Em 2001 o navio voltou a possuir o nome "Neptunia
Mediterraneo" e a partir de 2002 começaram seus problemas, em
agosto a embarcação foi retida em Porto Rico devido a inúmeras
irregularidades com relação a segurança e equipamentos e no ano
de 2003 as retenções no Chile e posteriormente na Argentina,
quando ficou por anos abandonado em Ushuaia por problemas
financeiros de seu armador.

Visto na imagem como Neptunia Mediterraneo em Rio Grande

Rebocado para Buenos Aires no final de 2009 o navio permanece
docado até hoje e em breve será utilizado em rotas de cabotagem
pela Maestra Logística com o nome "Maestra Mediterraneo".

Com 142m de comprimento, 25,20m de boca, 9,76m de calado, a
embarcação pode transportar até 1.100 teus sendo 150 reefers.

Esperamos que esse navio volte e tenha mais sucesso pois sua
vida até hoje não foi tão gloriosa quanto merecia.



Fotos: Marcelo Vieira
Postar um comentário